noticir
volver
   
 

O Canto da História: Harry K. Genant  
 

Radiologista americano (1942-2021), pioneiro no campo da radiologia musculoesquelética, área que liderou com entusiasmo e excelência por quase 50 anos. Autor, juntamente com os principais radiologistas Gamsu e Moss, do livro: Computed Tomography of the Body, um texto de referência para várias gerações de especialistas.

Ele nasceu em Freeport (Illinois), sua vocação inicial foi a de astronauta, realizou um curto período de treinamento na U. S. Air Force Academy, onde descobriu que não gostava da disciplina militar. Estudou medicina na Northwestern University de Chicago, graduando-se em 1967. Após seu estágio na Johns Hopkins University, fez a residência em radiologia na University of Chicago, sendo chefe de residentes e posteriormente professor assistente até 1974, ano em que ingressou como Chefe de Radiologia Musculoesquelética na University of California, San Francisco (UCSF), onde por mais de 30 anos moldou a reputação internacional desta instituição nessa disciplina.

Ele mudou o campo da radiologia musculoesquelética da interpretação subjetiva da imagem para a análise quantitativa. Seu artigo: Quantitative  bone mineral analysis using dual energy computed tomography, publicado em 1977 em Investigative Radiology,, foi um marco que mais tarde se materializou na Quantitative Imaging Biomarker Alliance (QIBA) desenvolvida pela Radiological Society of North America (RSNA).

Outra iniciativa brilhante foi o desenvolvimento de um sistema de gradação para fraturas osteoporóticas vertebrais publicado em 1993, que tem sido usado como referência para a caracterização adequada da osteoporose. Durante seu tempo na UCSF, ele fundou o Osteoporosis and Arthritis Research Group (OARG), um grupo multidisciplinar que lidera o campo de pesquisa mundial em imagens de osteoporose e artrite.

Em 1998, muito antes do Silicon Valley ser conhecido por seu espírito inovador, o professor Genant fundou Synarc (atualmente: Synarc-BioClinica), uma organização dedicada à pesquisa e gerenciamento de imagens quantitativas e biomarcadores em testes farmacêuticos multicêntricos e multinacionais.

"Harry", como era carinhosamente conhecido, tinha um perfil acadêmico elevado, com prodigiosa produtividade: editor ou coeditor de mais de 40 livros, autor ou coautor de mais de 300 capítulos e artigos convidados, de mais de 600 artigos em “peer-review”journals, sendo também um palestrante muito solicitado.

Foi Presidente da International Skeletal Society, da Association of University Radiologists, foi editor associado de Bone e Ortopedic Translation, bem como membro da equipe editorial da Skeletal Radiology, Osteoporosis International e do Journal of Bone and Mineral Research.

Ele foi Membro honorário da American Academy of Orthopedic Surgeonse da International Society for the Study of the Lumbar Spine, foi um destacado membro da Italian Radiological Society, da Chinese Osteoporosis Society, da Chilean Society of Osteology, da Hungarian Society of Osteology e da European Society of Skeletal Radiology.

Foi uma pessoa aberta, ele comemorava as conquistas de sua equipe e colegas convidando-os para jantares e festas de verão em sua residência em Tiburón. Era um convite tradicional, no Congresso da RSNA em Chicago, no Chicago Yacht Club, onde reunia os líderes em radiologia musculoesquelética de todo o mundo e seus colaboradores para um almoço de confraternização.

Cientista brilhante e carismático que deixa um importante legado.

Autor Dr. Luis Humberto Ros

 

 

 
   
facebook twetter editores tercertermino