¿Não pode visualizar o boletin? Faça clic aqui
Editor:
Dr. Alejandro Beresñak
Co Editores:
Dr. Jorge Bisteni, Dr. Dante Casale, Dr. Luis Ros
Editor Fundador:
Dr. Miguel Stoopen


Na cidade de Cancun, no México, foi realizado o Primeiro Curso de Atualização em Radiologia no CIR, entre 9 e 11 de maio, o primeiro curso presencial realizado pelo Colégio Interamericano de Radiologia de forma independente.

O curso foi um sucesso, tanto do ponto de vista científico como por tornar-se um ponto de encontro para os radiologistas Iberoamericanos. Permitiu a realização de reuniões de trabalho de diferentes comitês e programas do Colégio, e foi uma oportunidade para nos reunirmos e conversar com as empresas que nos apoiam com seu patrocínio. Assistiram 366 radiologistas, 96 do México e o resto procedente de quase todos os países membros do CIR.

Agradecemos à FMRI por ter apoiado a realização do curso no México. O local certamente escolhido foi um marco com brilho e excelência para o evento, onde os participantes puderam desfrutar de um Hotel anfitrião e um Centro de eventos de primeiro nível, no contexto de uma inegável beleza na natureza.

Do ponto de vista acadêmico, o programa científico foi sólido e contundente, isso foi refletido em um alto nível de assistência às salas onde foram ministradas, simultaneamente, 4 sessões. Cabe salientar que na pesquisa feita aos participantes, o corpo docente foi avaliado com 9,4 pontos de um máximo de 10, pelo que agradecemos e parabenizamos todos os professores palestrantes.

No marco do Ato de Abertura, a Dra. Gloria Soto, presidente do CIR, ministrou a palestra "Radiologia na América Latina: Uma reflexão da realidade regional", palestra na qual, depois de analisar os fatores sociais, econômicos, políticos e culturais próprios da região, descreveu as características da prática radiológica, caracterizada por uma grande heterogeneidade, não só quando se comparam diferentes países, mas também dentro de cada um dos países da região.

Na “Sessão Plenária do CIR" discutiram-se temas de interesse estratégico para o Colégio, como a implementação da Escola Latino-americana de Radiologia, o programa SIRCAI, o Centro de Estudos do Colégio e o desenvolvimento de um Programa de Patrocinadores eficiente.

Nosso reconhecimento muito especial às sociedades e organizações radiológicas que generosamente comprometeram-se com nosso empreendimento e nos apoiaram com professores de alta qualidade:
  • American Institute of Radiological Pathologhy (AIRP)
  • European Society of Breast Imaging (USOBI)
  • European Society of Gatrointestinal an Abdominal Imaging (ESGAR)
  • International Skeletal Society (ISS)
  • Sociedad Iberoamericana de Imágenes Mamarias (SIBIM)
  • Society of Thoracic Radiology (STR)
Nossos agradecimentos a cada uma das Sociedades e Associações membros do CIR, pelo seu apoio na promoção do curso, o que resultou na presença dos radiologistas de praticamente toda a região Ibero-americana.

A realização deste Primeiro Curso de Atualização em Radiologia do CIR tem sido um grande desafio, e, embora existam assuntos organizacionais que certamente devem ser melhorados, o resultado final é positivo, e nos permite sonhar com a realização, no futuro próximo, eventos científicos próprios de forma regular,que convoquem um grande número de radiologistas com um programa de excelência acadêmica em um ambiente aconchegante e amigável, tão característico da nossa região. Portanto, decidimos começar a trabalhar a partir de agora mesmo para o Segundo Curso de Atualização em Radiologia do CIR, em 2015, na data e lugar que informaremos em breve. Esperamos contar com o apoio de todos vocês e avançar juntos no sonho de fazer estes eventos do CIR o lugar natural de encontro e crescimento profissional para os radiologistas iberoamericanos.

Junta Directiva do CIR

Escola latinoamericana de radiologia: ELAR

Durante a “Sessão Plenária do CIR", O Dr. Miguel Angel Pinochet, coordenador do Comitê de Educação do Colégio, referiu-se à próxima implementação da Escola Latino-Americana de Radiologia (ELAR).

Com a missão de melhorar o nível da prática radiológica na América Latina através do fornecimento de oportunidades educacionais de alta qualidade, a ELAR tem entre seus objetivos:
  • Organizar atividades educacionais de excelência, adaptadas às necessidades locais.
  • Promover a prática de radiologia de excelência na região, apoiando a formação dos residentes e radiologistas em áreas deficitárias da especialidade em seus países de origem.
  • Facilitar a implementação de novas aplicações tecnológicas disponíveis nos diferentes países, otimizando seu rendimento para o benefício dos pacientes.

O programa visa o desenvolvimento de cursos teóricos e práticos presenciais e oficinas, como "hands-on", ambos de um dia e meio a dois dias de duração. Eles serão ministrados naqueles países que os solicitarem, por radiologistas do CIR de reconhecido prestígio. O objetivo final é produzir uma mudança efetiva na prática radiológica regional. A sociedade local vai cuidar das despesas de hospedagem dos professores e o CIR das despesas com transporte e material educativo.

Além das atividades acima, a ELAR concederá bolsas de US$3.000 para que residentes e radiologistas jovens façam estadas de três meses de duração, tuteladas e avaliadas, para ser treinados em áreas da especialidade deficitárias em seu país de origem, em centros de excelência na região. Com esta iniciativa pretende-se promover o interesse na subespecialização entre os jovens radiologistas e lhes proporcionar a oportunidade de conhecer ambientes acadêmicos de excelência e altamente estimulantes.

O programa começará a ser implementado gradualmente a partir do segundo semestre deste ano.

ANEXO

CALENDÁRIO DE ATIVIDADES ELAR 2013

31 de Julho e 1 de agosto, Curso de de RM Mamaria, que será realizado em Costa Rica, pela Federação Centro Americana de Radiologia. O Diretor local é Dr. Enrique Espinosa, e o Diretor do CIR, Dr. Miguel Angel Pinochet.

Setembro de 2013, Curso de Cardio TC (Técnica, protocolos, interpretação). Será realizado no Chile pela Sociedade Chilena de Radiologia. A Diretora local é a Dra. Julia Alegría e o Diretor do CIR, Dr. Eric Kimura.

Novembro de 2013, Curso de Cardio TC (Técnica, protocolos, interpretação). Será realizado em um local a ser determinado. O Diretor local é Dr. Carlos Galeano e o Diretor do CIR, Dr. Patricio Azócar.

Oficina Prática de US Musculoesquelético. Será realizado no Uruguai, em data a ser determinada. O diretor local é Dr. Carlos Galeano e o Diretor do CIR Dr. Patricio Azócar.

Bolsa de Radiologia Intervencionista, patrocinada pela RSNA, a ser realizada em Bogotá, na Colômbia O médico responsável é o Dr. Mauricio Lozano. Em breve será divulgada a convocação.

ATIVIDADES FUTURAS (2014)

Para o próximo ano estamos trabalhando para a realização das seguintes atividades:
  • Oficina de Interpretação BIRADS
  • Oficinas práticas de Doppler
  • Curso de TC de Tórax para Radiologistas Gerais
  • Curso de Imagens Avançadas em Nefrourologia para Radiologistas Gerais
  • Curso de Imagens Avançadas de Abdômen para o Radiologista Geral
  • Neurorradiologia: Aquilo que o Radiologista Geral Deve Saber
  • Outras propostas dependendo do feedback da sociedades a respeito de suas necessidades


SISTEMA INTEGRADO DE RADIOLOGIA PARA A CERTIFICAÇÃO E CREDENCIAMENTO IBEROAMERICANO (SIRCAI)

Reunição de trabalho realizada em Cancun, nos dias quinta-feira 9 e sexta 10 de maio de 2013

Participantes: Países do “Grupo Primário ou Piloto” do SIRCAI

Argentina: Sergio Lucino. Brasil: Henrique Carrete. Colômbia: Mauricio Lozano e Rodrigo Restrepo. Costa Rica: Enrique Espinosa. Espanha: Carmen Ayuso. México: Hermenegildo Ramírez e Luis Raúl Ramos Fuentes.

Temas tratados, recomendações e conclusões da Reunião:


Durante os dois dias de trabalho foram discutidos e analisados todos os assuntos relacionados com a implementação operacional do Sistema SIRCAI.

Incluíram-se na agenda a análise do estado atual dos processos em cada país participante, seu funcionamento e características comuns; a forma mais prática de aplicar os Estatutos e o Regulamento dentro dos próprios do CIR; a homogeneização das tabelas de pontos que são aplicados nos diferentes programas e como controlá-los.

Apresentaram-se propostas para a implementação de um sistema único de gestão da informação através de um programa digital virtual. Estratégias foram avaliadas para a secretaria, papelaria e logotipo. Finalmente foram definidas políticas para a execução dos testes e bancos de perguntas orientadas à certificação Inicial Voluntária e futura implementação do "Diploma Ibero-Americano de Radiologia-DiAR”.

O Conselho concluiu seu trabalho mediante uma reunião oficial com a Junta Diretiva do CIR em que foram definidas e acordadas com as diretrizes e estratégias para seguir um cronograma no médio e curto prazo.

As conclusões e recomendações finais mais importantes incluem:

  • Começará imediatamente a implementação da Re Certificação Voluntária com o objetivo de entregar os primeiros Diplomas para o final de 2013.
  • Todos os esforços serão feitos para que outros países criem seu próprio CAR (Conselho de Credenciamento e ReCertificação), logo que possível, com políticas semelhantes, estrutura , governo, pontos de credenciamento, sob a tutela do CIR e da SIRCAI.
  • O logotipo será definido, selos e outras imagens corporativas do programa.
  • Será criado e entrado no site do CIR, a seção do SIRCAI com todas as informações sobre o programa e sua operação virtual.
  • Uma ferramenta de sistema virtual "inteligente" será desenvolvida para operar o projeto.
  • No médio prazo serão desenvolvidos sistemas e bancos de dados para a elaboração de exames e testes visando a implementação da Certificação Inicial Voluntária (CIV) e do "Diploma Ibero-Americano de Radiologia-DiAR”, idealmente para 2014.
Os participantes encerraram o encontro avaliando o trabalho feito pelos resultados obtidos e pelos compromissos estabelecidos, sendo considerado como um esforço muito positivo para o futuro do Programa. Houve um agradecimento muito especial aos países que apoiaram a iniciativa e os participantes pela dedicação e empenho para alcançar os objetivos definidos.


Gestão dos sistemas de informação em radiologia: um tema de interesse atual

Em sessão plenária realizada durante o 1º Curso de Atualização em Radiologia do CIR, Dr. Eduardo Fraile, Secretário-Geral do CIR, referiu-se aos sistemas de gestão de informações atualmente disponíveis na área da radiologia, e sobre como a utilização dos dados fornecidos por estes sistemas pode produzir mudanças significativas no cuidado dos pacientes.

Dr. Fraile disse que na era digital, todas as atividades realizadas nos departamentos de radiologia são obtidos através do uso de computadores, e arquivadas em grandes bancos de dados que armazenam grandes quantidades de informação. A análise profunda desta informação proporciona um grande conhecimento do processo radiológico e facilita a tomada de decisões de gestão com muita efetividade. Atualmente, no entanto, no melhor dos casos, esta informação é utilizada apenas parcialmente.

Os sistemas "inteligentes" de análise de informação podem ser aplicados a todo o processo radiológico: desde a solicitação eletrônica das explorações radiológicas até o envio e consulta do médico prescritor das imagens obtidas e o relatório feito pelo radiologista, passando pela adequação ou justificação da exploração solicitada.

Um exemplo de como a análise inteligente da informação melhora a eficiência do processo radiológico são os sistemas de ajuda para o diagnóstico auxiliados pelo computador. Por outro lado, os sistemas de gestão inteligente da informação permitem analisar a informação proporcionada pelos relatórios radiológicos, seja por meio de codificação dos relatórios, de relatórios estruturados ou pelos motores de busca inteligente de palavras. Deste modo, os sistemas de engenharia de dados são aplicados a uma das partes mais importantes da nossa atividade, como é o relatório radiológico.

Los sistemas de ayuda a la decisión clínica de solicitud de las exploraciones radiológicas son un ejemplo de cómo el manejo inteligente de información puede ayudar a eliminar pruebas radiológicas innecesarias o a la repetición de las mismas.

Em conclusão, disse o Dr. Fraile, estamos diante de uma nova era marcada pela informação proporcionada pelos sistemas digitais e a análise dela, e isso vai afetar todo o processo radiológico e vai nos permitir melhorar nossos diagnósticos radiológicos e, portanto, o atendimento dos nossos pacientes.

Eduardo Fraile.
Secretário Geral CIR
20 maio 2013


Galeria de fotos de Cancun



Reunião de trabalho presidentes e delegados

Reunião de trabalho JD presidentes e delegados Grupo SIRCAI
GRUPO SIRCAI e JD Apresentação delegada de El Salvador na reunião de presidentes e delegados

Décimo Primeiro Livro da Série Avanços

ONCOLOGÍA
SÉRIE AVANÇOS EM DIAGNÓSTICO POR IMAGENS,
COLÉGIO INTERAMERICANO DE RADIOLOGIA

Editores: Miguel Stoopen y Ricardo García Mónaco
Editor invitado: Dr. Ricardo García Mónaco
Ediciones Journal 2013. ISBN 978-987-1259-83-0
209 páginas

Este livro completo e organizado que faz parte da série Avanços em Diagnóstico por Imagens, oferece uma revisão completa e agradável desta patologia tão prevalente analisada do ponto de vista das imagens.

Inicialmente, analisam-se, em geral, as diversas modalidades de imagem, como Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética e PET/TC, com ênfase em estudos funcionais e moleculares, tais como Difusão, Perfusão e Espectroscopia em RM, e diferentes tipos de marcadores que são utilizados em PET/TC.

Posteriormente, é realizada uma atualização sobre diagnóstico, estadiamento, possíveis terapias e monitoramento das neoplasias mais frequentes, como as de pulmão, próstata, colorretal e linfoma, entre outras, considerando as diferentes modalidades de imagem.

De especial interesse acho a revisão das definições dos padrões internacionais e sua aplicação clínica, a fim de avaliar de forma objetiva a resposta dos diferentes tumores ao tratamento.

Os autores são médicos de renome nacional e internacional, incluindo os EUA e a França.

Sendo um tema tão transversal em radiologia e medicina, eu recomendo tanto para os residentes, fellows e radiologistas.


Endereço para solicitações electrônicas:
Ediciones Journal, Buenos Aires
www.journal.com.ar/avances, ou escreva para info@journal.com.ar

Dr. Andrés O´Brien
Médico Radiologista
Responsável pela área de corpo
Diagnóstico por Imagens
Clínica Las Condes, Santiago


Publicações Eletrônicas Internacionais

Boletins dos Países Membros


Convidamos os leitores de NOTiCIR a ver diretamente, a partir deste espaço, o boletim informativo mensal que países membros do CIR colocaram gentilmente ao nosso dispor.

Você poderá acessar o último número dos Boletims, bem como o índice dos números anteriores.

Boletim SERAM -
Clique aqui para entrar
RSNA News -
Clique aqui para entrar


GO RAD

GO RAD é um novo programa de alcance mundial, desenvolvido pela Sociedade Internacional de Radiologia. O intuito é chegar à radiologia e avançar na educação radiológica através de uma comunidade global de radiologia acrescentando literatura atual, prática com conteúdo específico e direcionado e dedicado ao desenvolvimento das nações e populações carentes.

Esperamos que vocês possam aproveitar plenamente este programa para melhorar a saúde e o bem-estar de todos.

Dr. Eric Stern
Editor-Chefe, GO RAD


Clique aqui para entrar

UM POUCO DE HISTÓRIA…

John W. COLTMAN


Físico e pesquisador americano, nascido em 1915, que descobriu o intensificador de imagens em 1948, fato que marca o início do que poderia ser considerado como a Era Moderna da Radiologia.

Formou-se em ciências físicas na Case Western Reserve University, em Cleveland, em 1937, especializando-se em física nuclear na Universidade de Illinois em 1941. Incorporado ao Laboratório de Pesquisa da Westinghouse Electric Corporation, durante a II Guerra Mundial, ele pesquisou no campo dos magnetrons e micro-ondas.

Em 1948 descreveu um método de melhoramento da imagem por fluoroscopia mediante uma técnica eletrônica , que não previa o aumento das doses de radiação do paciente, que era alcançada através da substituição do fluoroscopio convencional por um dispositivo contendo equipamentos eletrônicos que amplificava a imagem (Coltman JW Fluoroscopic image brightening by electronic means. Radiology 51: 359-366, 1948).

A primeira unidade comercial foi projetada pela empresa Westinghouse em 1953, pelo qual alcançava-se um ganho substancial de luminosidade, tornando possível a visão dos cones, amais que a partir dos bastões, eliminando, assim, o período prévio de adaptação ao escuro exigido para executar a fluoroscopia.

Embora a patente original para um intensificador tenha sido concedida a I. Langmuir, em 1937, seu projeto não fornecia a intensificação suficiente para uso clínico.

Com o advento do intensificador de imagens, a fluoroscopia de todas as parcelas orgânicas, incluindo o tórax, ele experimentou um grande avanço, permitindo a exposição das imagens na tela de televisão. No ano seguinte, 1954, a gravação de imagens em movimento se tornou uma realidade, introduzindo a cinefluorografia.

Por seu trabalho, Coltman , recebeu, entre outros prêmios a Roentgen Medal do Museu alemão Roentgen e a Medalha de Ouro da Radiological Society of America.

Em 1960 ele foi nomeado Diretor Associado do Laboratório de Pesquisa da Westinghouse, responsável pelos grupos de Eletrônica, Física Nuclear, Mecânica e Ciências da Computação, e em 1974 ele ocupou o cargo de Diretor do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento desa corporação. Aposentou-se em 1980.

Ele foi eleito Fellow da American Physical Society e membro da National Academy of Engineering.

Como anedota deve ser mencionado seu interesse nos aspectos musicais, históricos e acústicos da flauta, começando a partir de 1950, um conjunto de instrumentos da família da flauta, que chegou a ultrapassar duzentos. Seu trabalho de pesquisa sobre os mecanismos de produção de som destes instrumentos tem contribuído significativamente para o que hoje é conhecido sobre a acústica da flauta e do órgão de tubos.

Dr. Luis Ros
Co-Editor do NOTiCIR


Faça sua consulta, comentário ou sugestão através do seguinte formulário:

Esperamos sua ativa participação, já que toda mensagem é bem-vinda.

Para entrar no formulário, por favor, clique aqui

Desde já, muito obrigado!!

 


INSCRIÇÕES INTERNACIONAIS DE CORTESIA

São outorgadas pela Sociedade organizadora.
Estão destinadas a membros do CIR que pertençam a outros países e não radiquem no país onde o evento é realizado. As solicitações devem ser feitas no Escritório administrativo do CIR.
cir.admin@servimed.com.mx

www.webcir.org

 
2013